Posts Populares
01
jul
2020

Meus livros do 1º semestre de 2020


Falando sobre: Livros

Uma das metas que coloquei neste ano era ler mais, pelo menos um livro por mês, como disse no post anterior. Não vou negar que acabei me surpreendendo e já quero estar no segundo semestre lendo 2 livros por mês. Nesses 6 meses foram exatamente 6 livros, que li com calma, no meu ritmo até me acostumar novamente. Vou falar um pouquinho sobre eles nesse post de hoje e esperem uma lista maior no fim do ano!


Não se enrola não – Isabela Freitas (Intrínseca, 2016)

Sou fã dessa série de livros da Isabela, tanto que já tinha os outros dois (Não se Apega, não e Não se Iluda, não) aqui em casa. E já que tinha me dado de presente de aniversário (outubro!), “Não se enrola, não” tinha que estar na minha leitura do ano. Foi a leitura que eu mais enrolei (uma leve contradição por conta do nome), mas obviamente era porque estava “enferrujada”. No geral, gostei mais dele do que dos outros e já estou de olho no lançamento (“Não se Humilha, não”).


Me Poupe – Nathalia Arcuri (Sextante, 2018)

Mais um livro que me dei de presente de aniversário. Acompanho a Nathalia desde o YouTube, sempre acompanhando no blog ou no programa de TV. Desde então sabia que precisava ter o livro para aprender ainda mais. Não posso dizer que sou especialista, mas o livro me trouxe muitas referências e aprendizados para a minha vida financeira.


O Guardião de Memórias – Kim Edwards (Arqueiro, 2007)

Vou poupar minhas palavras para esse, porque já temos uma resenha sobre ele aqui no blog. Vai lá conferir! Mas resumindo, ganhei esse livro de uma amiga e estava guardado aqui apenas esperando a minha leitura. E finalmente aconteceu!


A Idade Decisiva – Meg Jay (Sextante, 2014)

Sempre gostei de livros sobre desenvolvimento pessoal, e esse não seria diferente. “A Idade Decisiva” fala muito sobre a transição dos 20 aos 30 anos. As mudanças que irão acontecer, coisas que vamos aprender, como a nossa personalidade se molda nesse período. Estou com 23 anos, apenas no início dessa transição, mas já posso dizer que esse livro me fez pensar em como quero estar quando tiver 30.


A Sutil Arte de Ligar o F*da-se – Mark Manson (Intrínseca, 2017)

Esse posso dizer que fui mais pelo hype, tanta gente falava sobre ele que eu sabia que teria que ler em algum momento. Pensei até em comprar a versão física, mas acabei indo no ebook mesmo. Uma decisão correta, porque o livro não foi perfeito para mim. Gostei de como ele é escrito, os toques de humor, mas não posso dar um 100% aqui. Não é um livro ruim, apenas não me agradou completamente.


Aprendizados – Gisele Bündchen (Best Seller, 2018)

Quase nunca leio biografias, mas com certeza tinha que dar uma oportunidade para o livro da Gisele. Ela sempre foi uma pessoa que admirei e com o livro passei a admirar ainda mais. Ela mostra algumas coisas que aprendeu, sobre as mudanças no seu estilo de vida e alimentação e como ela ensina isso para os filhos. Uma das minhas leituras favoritas desse primeiro semestre.


Espero que vocês tenham gostado e quero logo completar a minha meta de pelo menos 12 livros no ano. E é claro que vou trazer o conteúdo para vocês. Comenta aqui o livro que você leu ou quer ler esse ano!

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *