Posts Populares
31
maio
2017

Seja feliz, seja você


Falando sobre: Textos

Foto: Allef ViniciusVemos pessoas e mais pessoas, cada uma com sua particularidade, cada uma com sua diferença. Muitas vezes pensamos: porque não sou assim? Assim como aquela pessoa?

Calma aí! Olha no espelho e se enxerga (literalmente). Vá para a rua e tente encontrar alguém igual, de verdade. Mesmo os gêmeos, que aparentemente são iguais, não tem a mesma personalidade.

Cara, você tem muitas coisas legais esperando para você descobrir. Não precisa ficar procurando defeitos e detalhes que faltam em você. Não precisa sofrer por não ser como alguma pessoa. Você não é igual a ela e ainda bem que não é! Já pensou como seria chato se todas as pessoas do mundo inteiro fossem iguais?

Você pode ser feliz sim, do jeitinho que você é! Aceite os seus defeitos, aprenda a conviver com eles. Veja quantas pessoas atualmente estão se aceitando, quebrando os padrões. Seja assim também. Eu mesma já sofri tentando me moldar para se adequar na sociedade.

Cresci com a ideia de que tinha que ser magra, ter olhos claros e cabelos lisos. Tudo principalmente por conta da mídia, que sempre mostrava pessoas assim felizes e quem era diferente sempre sofria. Poxa, eu tô muito bem do jeito que eu estou. Claro, eu tenho coisas que quero mudar em mim, mas não estou sofrendo por isso.

Antigamente vivia alisando meu cabelo, a chapinha era minha melhor amiga. E eu também dizia que queria arrumar o meu nariz, por ser gordinho ou a boca, por ser grande. E olha que irônico, atualmente, todos falam em preenchimento para ter aquele bocão maravilhoso. Faz algum tempo que meu cabelo não vê uma chapinha e eu não estou chorando. Pelo contrário, mais feliz do que estou agora impossível, meu cabelo nunca esteve tão bonito e tão saudável.

Você pode notar que em alguns momentos parece que estou falando comigo mesma. Não é loucura, não. Ainda tenho as minhas recaídas e as vezes me pego no Instagram analisando a vida alheia, questionando por que a minha vida não é tão legal quanto a da outra pessoa. Isso é algo para ser trabalhado diariamente. Não ser de uma hora pra outra que você vai aceitar os seus defeitos, gostar de você, conviver e trabalhar com as suas pequenas diferenças.

Eu sei, pode parecer difícil ou até impossível. A grama do vizinho sempre é mais verde. Vá com calma. Todos os dias de manhã, assim que acordar, olhe para o espelho e admire algum detalhe seu. Eu uso o espelho como a referência, porque aprendi me ver além do reflexo. Não digo para você admirar algum detalhe estético, admire algo seu, além da beleza. Reflita sobre o dia anterior, pense no que você é bom, no que você fez de legal ontem e no que você de melhor nos próximos dias.

Você tem o seu valor. Você é lindo exatamente como é, com todos os defeitos e principalmente com as qualidades. Você tem a felicidade em suas mãos, e só você agarrar a oportunidade e aproveitar.

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


1 comentário