5 + 1 Motivos para amar: A Seleção

5 + 1 Motivos para amar: A Seleção | MCarolina.com.br

Foto via NY Elegance

São poucas as sagas que me encantam, que eu realmente viro fã. Gosto de algumas, claro. Mas gostar de uma saga, como eu gosto de A Seleção, nunca. Não, não é apenas um livro de princesa. Vai muito além disso. Não é um livro bobo que conta apenas uma história de amor. São 5 livros que fazem parte da minha vida.

Sim, sou da lista de pessoas que acreditava que A Seleção seria um livro de garotas que se apaixonam e encontram o amor da sua vida. Apesar de não gostar de livros do estilo que eu citei, resolvi arriscar. É um clássico que não é clássico! Ainda bem que Kiera Cass me surpreendeu. Passei a querer saber mais a cada dia. Tanto sobre a saga quanto sobre a Kiera Cass, que hoje, é uma das minhas autoras favoritas.

Além do foco principal no romance e drama dos personagens, tem também desigualdades sociais, como as castas, onde a casta 8 é a mais pobre e a casta 1 é a realeza. America, a personagem principal, não é mais uma daquelas garotas que ficam a história inteira se fazendo de vítima, como uma garota frágil. Ela é uma garota forte e corajosa, que se importa muito com a sua família e com seus princípios.

Se todos esses motivos não são suficientes para você conhecer essa maravilhosa saga. Vou listar para vocês, 5 + 1 motivos para você se apaixonar. Ah, e cuida bem viu? Tenho muito ciúme.

America

Assim como eu disse acima, America é uma personagem forte. É teimosa, engraçada, impulsiva e orgulhosa. Ela é de uma casta menor, casta 5, onde trabalha como cantora para ajudar sua família. Com outras 34 garotas, tenta conquistar o coração de Maxon <3 Ela fala e faz, e na maioria das vezes não tá nem aí. Esse seu jeito diferente, que a faz tão especial. Ao longo de todos os livros, é nítida uma evolução da personagem.

Maxon

O príncipe merece um tópico especial só para ele, porque né… É o Maxon. Ele e a Meri tem um relacionamento incomum que deixa os leitores loucos de ansiedade. Tem classe e é super educado com cada uma das garotas. Claro, a relação dele com outras participantes pode fazer você querer mata-lo, mas tudo bem, perdoamos. America fica bem dividida entre ele e Aspen (não sei porque né, olha o Maxon, mulher!) por alguns livros, mas isso não se torna cansativo. É que o Aspen é uma pedra no sapato mesmo. HAHAHAHA

5 + 1 Motivos para amar: A Seleção | MCarolina.com.br

A história

A Seleção, em todos os outros livros, conseguiu me manter interessada do início até o final. O que me dava uma certa pena e me fazia ler bem devagar para que não chegasse na última página. America é divertida e conta a história de uma forma tão leve que nos torna parte da história. É um livro que não tem uma descrição bem detalhada, mas também não é desleixada, apenas os detalhes necessários. A personalidade de America é transmitida em cada palavra.

Parece clichê, mas acaba não sendo e além de toda enrolação da America em se decidir sobre Maxon ou Aspen e a responsabilidade que ela poderia assumir, tudo que acontece ao redor é interessante. A cada livro conhecemos melhor Illéa e o seu povo.

Kiera Cass

A autora, Kiera Cass, é uma fofa. Adoro o jeito que ela fala/trata sobre suas personagens e também seus livros. Cada agradecimento ou dedicatória, tudo escrito com tanto carinho e amor. E o fato dela ser tão ligada em sua família, assim como eu vi em America, é lindo. Inclusive, quando em um dos bônus, ela fala que existe um pouco do seu marido, Callaway, em cada garoto que ela escreve. A paixão e a devoção de Aspen? Callaway. A nerdice e a doçura de Maxon? Callaway.

A continuação e os contos

Através de contos, podemos conhecer ainda mais cada personagem. Em “O Príncipe”, vemos a trajetória de Maxon desde antes da Seleção até o seu início. Já em “O Guarda”, vemos a narração de Aspen, durante os eventos ocorridos durante a Elite. Os dois contos renderam um novo livro chamado “Contos da Seleção: O Príncipe e O Guarda” e logo após vieram os contos “A Rainha” e “A Favorita”, o “Diário da Seleção” e o maravilhoso “Felizes para Sempre” que reúne todos os contos e tem muitas coisas lindas como o mapa de Illéa e os personagens ilustrados.

SPOILER! Após “A Escolha” temos uma nova história, podemos descobrir o que acontece depois do “felizes para sempre”. São dois livros: “A Herdeira” e “A Coroa”. E não vou dar muitos detalhes para não piorar o spoiler HAHAHAHA. Sabe por que? Porque eu não sou sua querida <3 Descubra!

Bônus: O Filme

No dia 22 de Abril de 2015, Kiera anunciou que a Warner Bros garantiu os direitos de adaptação dos seus livros para a produção de um filme. No time de produtores temos Denise de Novi (Edward Mãos de Tesoura), Alison Greenspan (Se Eu Ficar e Monte Carlo) e Pouya Shahbazian (Divergente). O roteiro será escrito por Katie Lovejoy e ainda não possui data de estreia. No dia 17 de junho de 2016, Thea Sharrock, a linda diretora de “Como eu era antes de você”, foi confirmada como diretora do filme. Só um aviso: ESTAMOS AGUARDANDO! VAMOS LOGO COM ISSO! HAHAHA E se a Meri, não foi a Aubrey, vai ter protesto!

Enquanto não temos mais informações sobre o filme, dá tempo de você conhecer e se apaixonar por Meri e sua maravilhosa história. Sem desculpas! E se você já leu “A Seleção” não deixe de comentar e dizer o que achou da história! Comenta ai!

Peço desculpas por ter sumido esses dias. Minha internet não estava aquelas coisas </3

Você também pode gostar: